quarta-feira, 25 de julho de 2012

Resenha - O Herói Perdido

" Não sou bom com crianças, nem com pessoas. Na verdade, não sou bom com nenhuma forma orgânica de vida."

O Herói Perdido
Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 440
Ano: 2011


Sinopse: 
Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Uma mensagem que pode se referir a qualquer um deles: "Sete meios-sangues responderão ao chamado. Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. Um juramento a manter com um alento final, E inimigos com armas às Portas da Morte afinal." Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.

Oi Pessoal,
Sabe aquela história que você desejou, implorou por uma continuação? Aquela vontade de viver mais aventuras ao lado do seu personagem favorito? Pois bem, este momento chegou, o acampamento meio-sangue voltou com velhos e novos personagens.

Jason, Piper e Leo com suas habilidades, personalidades e histórias de vida distintas são os personagens centrais do Herói Perdido. Jason que surge sem nenhuma lembrança de seu passado, lidera o grupo rumo ao cumprimento de uma missão que no final das contas engloba algo muito maior. A nova Grande Profecia.

Confesso, tive que engolir o meu preconceito para ler O Herói Perdido, tive que aceitar que esta não é uma saga de um único personagem (vulgo Percy Jackson) e sim de sete, como descrito na Grande Profecia: “Sete meio-sangues responderão ao chamado.”.
Nos prós existe a possibilidade de outros heróis mostrarem seus valores, além de diminuir aquele título de personagem secundário. Nos contras está que outros heróis vão mostrar seus valores e o seu eleito irá dividir a cena. O ponto de vista vai depender do quanto o leitor se apegou ao Percy Jackson.

Como nas Crônicas dos Kane a narrativa se encontra em terceira pessoa, porém a cada dois capítulos o narrador se transporta para a visão de um dos três personagens, tendo livre acesso aos seus pensamentos e permitindo a nós leitores participação nos pontos de vista de cada um.

Pra quem já está familiarizado com a escrita do autor, sabe quanto é eletrizante e assim foi com O Herói Perdido, regado de muita ação e aventura. Sem descanso para os heróis que além de lutar e fugir precisam processar uma avalanche de informações.

O sarcasmo já é marca registrada de Riordan, mas senti um toque mais profundo neste livro do que nos anteriores e o tom cômico não ficou de fora, deixando a leitura divertidíssima. A mistura mitologia, história, ficção, diversão continua dando certo!

Apesar de existir flertes e sentimentos mais expressivos, o romance é um pouco deixado de lado. Todos estão ocupados demais tentando sobreviver para se preocupar com essas peculiaridades. Sinceramente é melhor assim, um livro com outro foco, sem açúcar adolescente.

Se não leu a sequência Pecy Jackson & Os Olimpianos, esta - Os Heróis do Olimpo - pode parecer um tanto confusa e creio que o início nesta jornada será difícil, mas aos poucos muitos pontos são acertados, referencias aos outros livros são feitas e com paciência a história engata.

A história se encaixa perfeitamente com pontos de Percy Jackson & Os Olimpinos que nem aparentavam estar soltos. O livro tem seu próprio desfecho, mas o gancho para a continuação é de deixar qualquer leitor roendo as unhas de ansiedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. ^^