quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Resenha - A Guerra dos Tronos


"O Inverno está chegando..."


A Guerra dos Tronos - As Crônicas de Gelo e Fogo 
Autor: George R. R. Martin

Editora: Leya
Páginas: 592
Ano: 
2010

Sinopse: 
Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha - uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal - a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia. Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.


Oi Pessoal,
Comecei a ler este livro por indicação de amigos que sabem do meu gosto para fantasia medieval. Porém quando fui ler um pouco mais sobre o autor e os livros me deparei com muitos comentários de que George Martin era o Tolkien Americano. (Meu escritor! o_ô)
Então eu realmente tinha que ler. Tirar minhas próprias conclusões.
Que agora vocês podem conferir aí embaixo.

A história é passada em uma terra onde o tempo de duração do verão e o inverno, são anos (muitos anos).
Numa Era Medieval, de Lordes e Damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos. Onde tudo é feito na base de traições, intrigas e mortes. Para conseguir o que se deseja é preciso ter estômago forte ou uma honra uma muito forte.
Além de seres sobrenaturais a espreita do inverno.
No centro do conflito estão os Stark do reino de Winterfell, uma família tão dura quanto às terras que lhe pertencem. Mas suas histórias não são as únicas contadas, existem outros personagens como as famílias Lannister, Targaryen, Arryn e muitos outros que tem seus próprios assuntos e problemas, e estão seguindo paralelamente com o assunto principal, até que em um momento elas se entrelaçam. A trama é perfeita.

George Martin tem um enfoque muito grande nos personagens, que são bem construídos e com a parte psicológica muito desenvolvida. Suas histórias são reveladas no decorrer de todo o livro. Nenhum fato do passado é instantaneamente contado, tudo vem por meio de lembranças ou comentários. Então, você tem que juntar os pedaços.  
O livro é narrado em terceira pessoa. Mas a cada capítulo os acontecimentos são contados do ponto de vista de um personagem.

A Obra também trata da importância de carregar um Nome, e como cada família tem suas próprias características para honrá-lo. Boas ou não. Também são retratados sentimentos que nós humanos podemos carregar, como o orgulho, a inveja e as mentiras.
E não é muito fácil descobrir em quem se pode confiar.

O livro é muito detalhado e muito descritivo. Durante toda a leitura haverá descrição de roupas dos personagens, as cores, os tecidos, as comidas, os temperos postos nela, os cheiros e as sensações, sem falar nos ambientes. Cada detalhe é importante.

Quanto cheguei a mais ou menos na página 300, comecei a ter medo de ler, e saber o que iria acontecer... Muitas vezes fechei o livro e fui dormir num ato desespero. O Autor conseguiu fazer com que eu tivesse muitos sentimos, durante toda a narrativa, tive muita raiva, desespero, felicidade, medo...

Nas últimas páginas fiquei atordoada com os acontecimentos... 
E não fique chateado, este primeiro livro foi só uma introdução para os próximos, ele não tem um fim, foi cortado bem “quando o assassino apontava a arma”, e tenho certeza que isso foi um truque de um Autor que está acostumado com os roteiros.

Sim George Martin ganhou um lugar ao lado do meu Tolkien...

Avisos:
Não leia este livro, esperando uma guerra enorme, muito sangue, elfos, orcs, etc. Apesar de ele ter muita morte e ter seres fantásticos, a guerra aqui é diferente. É tratada por homens, com realidade; traições, intrigas, diplomacia e política.

Não espere que o herói irá casar-se com a donzela e viver feliz para sempre. Nessa Terra os bonzinhos geralmente não sobrevivem. Bem parecido com a nossa realidade.

Se você (como eu) é uma pessoa que sente fome quando a comida é descrita, digo que é melhor ter jantado antes de ler este livro.     


"Quando se joga o jogo dos tronos, ganha-se ou morre."

5 comentários:

  1. Oi Nathy! Tudo bom?

    Não li os livros ainda, só vi a 1º temporada da adaptação que fizeram pra série. E achei fodástico.

    A galera sempre vai comparar com o LOTR por conta do estilo e da fantasia medieval que traz, mas eu achei as obras bem distintas.

    Uma coisa sensacional no Guerra dos Tronos é que por vezes é difícil distinguir o bem do mal. Quase todos os personagens tem peculiaridades que oscilam e de fato tudo é um jogo. Quando uma casa está no alto da roda da fortuna ela despenca do nada, rs. Fora a facilidade e frieza com que os personagens principais do nada são limados da história. No caso da série, os produtores disseram ter sido fiéis ao livro, mas ficaram com medo de como o público iria encarar os acontecimentos. No final deu (e mto) certo ;)

    Quando eu ler o livro eu volto e escrevo outra "bíblia"de comentário! hahahaha

    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Nuooossaaaaa!! Só me deixou com mais vontade de lê-lo =D

    Excelente resenha!!!

    ResponderExcluir
  3. Conheci por indicação de um colega de trabalho, ainda não li mas estou acompanhando a serie (desde o fim de semana que passado)... Esta obra sem duvida sera uma das proximas...

    ResponderExcluir
  4. The Winter is coming :) Mal posso esperar pela 2ª temporada XD
    Boa resenha Naty ^^
    Qualquer dia eu acho q vou escrever um pouco sobre essa serie tb.
    Bjao XD

    ResponderExcluir
  5. Oi Nathy parabéns pela resenha, não conheço nem o livro e nem a série, mas ja deu vontade de começar a acompanhar, ótimo tema!!

    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. ^^